Vitamina K2 e sua importância

Vitamina K - Miguel Figueiredo

Introdução

A vitamina K2 tem sido estudada nos últimos 80 anos e conhecida por ser um nutriente crítico.

Foi originalmente descoberta em 1929 pelo cientista dinamarquês Henrik Dam e a maioria das pesquisas concentrou-se na vitamina K1 e seus efeitos associados à coagulação sanguínea.

Os novos estudos estão a focar-se noutro subtipo chamado vitamina K2 e seu efeito na sinergia com vitamina D3 em vários fatores de saúde.

A vitamina K2 parece ser um nutriente muito importante para ossos saudáveis, articulações e função cardiovascular.

3 principais formas de K2

K1: Filoquinona – vegetais de folha verde-escura

K2: Menaquinona – bactérias intestinais e fermentados

K3: Menadiona – forma artificial produzia em laboratório

A Vitamina K e suas formas

Existem 3 principais formas em que se apresenta a Vitamina K

3 principais formas de K2

K1: Filoquinona – É necessária para a coagulação sanguínea e encontra-se nos vegetais verdes, sendo as melhores fontes couves, vegetais de folha verde, rúcula, agriões, brócolos, espargos, abacate, ovo. Esta forma de vitamina K é necessária para a formação de fatores anticoagulantes proteína C & S.

K2: Menaquinona – Vitamina K2 é necessária para converter uma proteína crítica de construção óssea chamada osteocalcina. Produzida no corpo por bactérias e alimentos fermentados.

K3: Menadiona – forma artificial produzia em laboratório

Vitamina K2 e o metabolismo do cálcio

A vitamina D3 é outro nutriente crítico que desempenha um papel essencial na absorção de cálcio no tecido ósseo esquelético. 

Vários estudos têm mostrado um efeito sinérgico das vitaminas K2 e D3. Esses estudos mostram que essa combinação aumentou o acúmulo de osteocalcina em células ósseas maiores do que qualquer um desses nutrientes sozinho. Isso aumentou a formação de osteocalcina melhorou significativamente a densidade mineral óssea.

As Vitaminas K e D trabalham para aumentar uma substância chamada proteína Matrix GLA (MGP). Esta proteína protege os vasos sanguíneos da calcificação, reunindo-se em torno das fibras elásticas do revestimento arterial e protegendo contra a deposição de cristal de cálcio. 

Alguns pesquisadores acreditam que o MGP é o inibidor mais poderoso da calcificação de tecidos moles atualmente conhecida.

Vitamina K2 e saúde cardiovascular

A vitamina K e a Vitamina D também desempenham um papel muito importante na saúde cardiovascular e articular.

Quando os tecidos moles como as artérias são danificados devido ao stress oxidativo, o corpo responde com um processo inflamatório. Esse processo resulta numa deposição de cálcio nos tecidos danificados.

Isso cria acúmulo de placas em artérias e esporas ósseas degenerativas nas articulações. A vitamina K2 ajuda ajuda na cicatrização, coagulação a manter a elasticidade dos vasos sanguíneos,.

Estudos têm demonstrado que a vitamina K2 não só previne arteriosclerose e aterosclerose, mas tem potencial para reverter a calcificação arterial ativando a MGP.

O estudo de Roterdão, em 2004, demonstrou que as pessoas com maior ingestão de vitamina K2 tinham um risco 50% menor de morte por doenças cardíacas do que as pessoas com as menores taxas de K2.

Vitamina K2 e a Microbiota Intestinal

A produção de vitamina K2 no organismo depende de uma flora intestinal saudável e do consumo de alimentos fermentados.

Falei de microbioma intestinal e probióticos neste artigo aqui.

A maioria das pessoas do “mundo moderno” é deficiente em vitamina K2, devido à falta de consumo de alimentos fermentados e à epidemia de disbiose intestinal.

Isto é potencializado pelo uso excessivo de antibióticos e pelo consumo de produtos de esterilização industrial e alimentos processados.

As melhores fontes de vitamina K2 são encontradas nos produto fermentados de soja, pickles, kefir, e queijos de animais de pasto. Os pasteurizados já perderem grande parte da sua composição de bactérias benéficas.

Probióticos ou Probióticos - Miguel Figueiredo

 

Por exemplo,  o queijo cru tem a proporção ideal de vitamina K2 e vitamina D3, juntamente com outros nutrientes que o tornam um alimento perfeito para ossos saudáveis, articulações e função cardiovascular. Isto claro, desde que não exista sensibilidade alimentar aos laticínios e seja capaz de digerir e absorver os nutrientes.

A vitamina K2 vai ainda interferir no processo de digestão e absorção de outros nutrientes essenciais,

Conclusão

Ter uma alimentação rica em vitaminas é fundamental para fortalecer a imunidade e garantir o bom funcionamento do organismo como um todo.

O complexo K, em especial, é importante para a saúde da estrutura óssea e dos vasos sanguíneos porque ajuda na coagulação.

Por isso, é necessário consumir no dia a dia alimentos que são fontes desses nutrientes, E que vão atuar em sinergia para absorver e produzir ainda outros nutrientes.

Tem dúvidas sobre esta vitamina ou se poderá estar em falta na sua alimentação? Entre em contacto comigo.

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Share on telegram

This Post Has One Comment

Deixe uma resposta